©2019 by zenped. Proudly created with Wix.com

 
  • Joana Martins

Livro da Semana 10



Depois de um artigo sobre o luto e como abordar a morte com as crianças e adolescentes, achamos por bem aconselhar duas leituras, especialmente para o grupo entre os 2 e os 7 anos. Como vimos, neste grupo etário, é muito difícil compreender o conceito de morte e pode ser importante usar uma ferramenta - neste caso um livro, para trabalhar estas questões com eles. Acima dos 7-8 anos já é possível que os miúdos consigam verbalizar um pouco melhor o que sentem e existem outros livros mais interessantes (ver aqui).

Assim apresentamos dois títulos bem diferentes:

Um lugar no meu coração - a abordagem é bem simples e literal; é o avô do André que faleceu e, juntamente com os pais, o André vai voltar a conseguir falar do avô com carinho e naturalidade. Assume-se que o avô morreu e explica-se as consequências. Tem a vantagem de fazer uma espécie de salto no tempo, para um futuro em que a família consegue resolver o luto, sendo finalmente possível abordar as memórias do avô com naturalidade e sem ser uma experiência unicamente dolorosa.

A ilha do avô - neste livro o Cid acompanha o avô numa viagem de barco até uma ilha encantada, com uma selva rica em tucanos e orangotangos. No momento de regressar, o avô do Cid explica-lhe que não quer voltar. Que gostaria de ficar na ilha para sempre. Sem tristeza, com naturalidade. O Cid despede-se do avô e regressa a casa, para no dia seguinte perceber que, por muito que queira, não consegue voltar para junto do avô (o tal contexto de viagem irreversível). Este livro é mais metafórico e pode ser recomendado para meninos um bocadinho mais velhos. De qualquer forma, tem um desfecho apaziguador, com uma espécie de carta tranquilizadora, que comprova que apesar de estar na ilha, a tal ilha onde é impossível chegar, o avô está bem. Pode ser importante veicular esta mensagem. Depende sempre da criança.