Joana Martins

Concluí a licenciatura em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa em 2007. Fiz o meu internato no Hospital Professor Fernando Fonseca, tendo completado a especialidade em Pediatria em 2014. Tive a oportunidade de trabalhar em Ponta Delgada antes de começar a trabalhar no Hospital D.Estefânia em Lisboa. Depois de uma longa estadia no Serviço de Urgência Pediátrica, cumpri finalmente o meu objectivo profissional: fazer Cuidados Intensivos Pediátricos.

No entanto, a minha trajectória profissional ganhou outro ímpeto com o nascimento dos meus dois filhos, o Sebastião e Baltazar. Apercebi-me de uma grande lacuna no que toca à comunicação em saúde e um enfoque preferencial da pediatria nos temas mais científicos (necessários, claro, e como trabalhadora num ambiente hospitalar, tenho essa noção diária), descurando muitas vezes a proximidade, o diálogo, o estabelecimento de estratégias conjuntas para o melhor saúde familiar e uma experiência de parentalidade mais positiva.

Porque melhor do que ninguém sinto na pele o contraste entre ser pediatra e ser mãe.

Por isso, após 10 anos de prática clínica hospitalar, decidi uma mudança de rumo: aliei-me à Clínica Pediátrica Dra. Maria Conceição Pinto para iniciar o meu consultório privado. Trata-se do contraponto ideal à minha pratica clínica habitual: um espaço de diálogo, de proximidade e de apoio à parentalidade.

Espero cumprir este objectivo!

 

Marcela Pires Guerra

Nascida e criada nos arredores de Lisboa, dois irmãos mais velhos e com uma vocação precoce para a pediatria (embora inicialmente com igual desejo de ser bailarina e cantora, é certo!). Mantive o foco no objectivo final: licenciatura de Medicina terminada em 2005, uma breve passagem pelo Hospital de Cascais (o antigo!) e em 2007 dei início à última etapa, a especialidade de pediatria. Mudei-me temporariamente para a cidade de Aveiro, onde fui interna do Hospital Infante D. Pedro (agora parte do Centro Hospitalar do Baixo Vouga), 3 anos depois voltei para Lisboa a fim de completar a fase final do internato em que aproveitei para saltitar entre diversos hospitais de forma a conhecer diversas realidades e em 2014 terminei a especialidade. Pelo meio do internato, uma experiência de vida, e trabalho, em São Tomé e Príncipe, em que 6 meses se transformaram em 18 meses – foi a concretização de um desejo há muito acalentado e a confirmação de uma vocação!
Dos tempos vividos junto ao Equador, trago comigo ensinamentos que ficarão para sempre, e talvez o mais importante, e inesperado, seja que nada, nada, nem a falta de meios físicos, técnicos ou económicos, é pior que a falta de vontade. Mas trago também o coração um pouquinho mais cheio, por inúmeras pessoas, locais e experiências, incluindo a amizade que nasceu entre mim e a Joana, no meio das dificuldades, do calor e da humidade sempre presentes!
Escolhi seguir o caminho que me fez mais sentido, e continua a fazer, e neste momento trabalho na CUF (Infante Santo e Miraflores) e no SAMS, e dedico-me à pediatria geral. Gosto de várias áreas da pediatria mas sem dúvida que aquela que mais me satisfaz e realiza é conhecer uma criança e a sua família, acompanhar e até participar do seu crescimento, sentir a relação de cumplicidade que se criamos ao longo do tempo – gosto mesmo muito!
A ZenPed tem sido um projecto acarinhado por nós há já algum tempo e é com satisfação que a vejo agora a dar os primeiros passos, e que vem exactamente no seguimento dessa paixão: ser um porto seguro para a criança e a sua família, no sentido de ser uma fonte precisa e actualizada de conhecimento e de cuidados médicos de forma diferente – personalizada, familiar, e sempre pelo empoderamento das famílias.

 

©2019 by zenped. Proudly created with Wix.com